fbpx
Sustentabilidade na indústria de confecção: 5 dicas para praticar já!

Sustentabilidade na indústria de confecção: 5 dicas para praticar já!

eBook Como bater as metas: uma dica para produzir mais e melhorPowered by Rock Convert
eBook 7 benefícios que apenas os clientes IndustWeb possuemPowered by Rock Convert

Aplicar a sustentabilidade na indústria de confecção é executar um conjunto de práticas que poucos gestores conhecem, já que a maioria vê como uma necessidade apenas de empresas de grande porte. Mas saiba que mesmo empreendimentos de pequeno e médio porte devem e podem adotar práticas que não agridem o meio ambiente.

O consumo de matérias-primas sustentáveis aperfeiçoa os recursos para a produção e ainda aumenta os lucros da indústria. Com os avanços tecnológicos chamados de indústria 4.0, a indústria de confecção precisou reestruturar o processo, optando por gestões mais sustentáveis.

Deseja saber mais sobre sustentabilidade na indústria de confecção? Continue a leitura e fique por dentro das novidades do setor!

1. Conquiste as certificações sustentáveis na indústria de confecção

As certificações ambientais asseguram que os processos e o compromisso que a indústria tem influenciam em toda a cadeia produtiva e administrativa do negócio. Para isso, as empresas responsáveis realizam auditorias e acompanhamentos para depois aplicarem a certificação.

Existem certificações específicas para a indústria de confecção. O Programa ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil) é pautado na consolidação das boas práticas de governança corporativa na cadeia de fornecimento a favor de um ambiente sustentável e que ofereça melhores condições de trabalho aos funcionários.

Além dessa, tem a ecoetiqueta, que são selos que informam aos clientes que a indústria de confecção possui um compromisso com a preservação do meio ambiente e que as peças foram produzidas com o uso de recursos ecológicos. Os selos emitidos pela OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Direito Público) permitem que o custo de adequar ao projeto seja deduzido do imposto de renda.

2. Invista na ecoeficiência

A ecoeficiência é um modelo de gestão que tem como objetivo reduzir o impacto ambiental e aumentar a rentabilidade nas indústrias de confecções. Ela visa ao uso consciente de matérias-primas a preços competitivos, que trazem lucratividade para os negócios.

A designer de moda Flávia Aranha está cada vez mais ganhando reconhecimento pelo seu negócio sustentável. Ela defende a confecção de peças que demandam pouco corte, com tingimentos naturais (slow fashion). Além disso, em virtude da baixa produção, os preços são altos, tornando o negócio lucrativo.

3. Economize água e luz

A boa e velha prática de economizar no consumo de energia e água precisa ser cada vez mais divulgada na indústria de confecção. Tendo em vista a escassez dos recursos naturais em várias partes do mundo, cabe à indústria cumprir o seu papel e adotar as seguintes práticas de conscientização:

  • desligar as máquinas quando não estiverem em uso;
  • trocar as torneiras manuais pelas automáticas;
  • fechar as portas e janelas enquanto o ar-condicionado estiver ligado;
  • adotar a luz natural sempre que possível;
  • desligar o monitor de vídeo quando o computador estiver sem uso;
  • criar um ambiente em tons claros.

4. Compre máquinas inteligentes

E por falar em economia, a indústria 4.0 chegou para inovar os processos de produção: designer das peças, enfesto, corte e costura. As máquinas inteligentes já são realidade em muitas indústrias. Elas automatizam os processos rotineiros e economizam recursos operacionais e desenvolvimento, contribuindo para uma gestão de estoque eficiente.

Um bom exemplo é a máquina industrial alemã ZSK®, que automatiza o bordado de bolsos prontos, o rolamento do eixo das lançadeiras e o corte de costuras.

5. Reutilize materiais

A reutilização de materiais envolve desde a água das calças jeans até otimizar os recursos da produção. Uma indústria que confecciona calça jeans consome milhares de litros de água. Se a empresa reaproveitar 80% dessa água já é uma economia de recursos que contribui para a conservação do meio ambiente. Outra dica é a empresa aproveitar a água da chuva para realizar esse processo de lavagem, sem esquecer de descartar o lodo corretamente, claro.

No geral, estas dicas já estão presentes em muitas indústrias brasileiras. Em suma, o gestor que se adequar à ecoeficiência adotando uma gestão sustentável em todos os aspectos, com a utilização e reutilização de recursos, estará no caminho do crescimento sustentável e conquistará a confiança da sociedade. Isso sem falar do uso de máquinas automatizadas, que deixam os negócios inovadores e rentáveis.

Gostou das dicas sobre sustentabilidade na indústria de confecção? Aproveite e compartilhe o artigo com os seus amigos nas redes sociais!

Apresentação IndustWeb Sistema para ConfecçãoPowered by Rock Convert
Nenhum comentário.

Deixe seu Comentário





Não perca mais nenhum conteúdo!

Cadastre-se em nosso blog e comece a receber conteúdos fresquinhos sobre indústria de confecção em seu e-mail