Neoprene

Neoprene: dicas práticas para quem quer seguir essa tendência da moda

O Neoprene já foi exclusividade de mergulhadores e surfistas, agora, está nas principais passarelas do mundo. Veja como usar este tecido na sua confecção.

Por Meire Tranjan, diretora comercial WebPic

O sol brilha o ano todo em boa parte do Brasil e talvez por isso o Neoprene faça tanto sucesso por aqui. Assim, a constante procura por tecidos leves e confortáveis ampliou a busca de confecções e consumidores por roupas feitas a partir desse tecido.

Anteriormente, já falamos do Neoprene e tudo o que você precisa saber sobre ele. Mas neste post você vai encontrar dicas práticas de como trabalhar com este tecido inteligente e ajustável que mantém a temperatura do corpo e se adapta ao calor e frio.

Tendência

No início do mês, a Lacoste apresentou seu desfile Outono Inverno 2020, um dos últimos antes dos cancelamentos motivados pela pandemia do Covid-19. Ainda assim, o que se viu na passarela é que o Neoprene continua em alta e fazendo sucesso junto aos fashionistas.

Louise Trotter, diretora criativa da Lacoste, apresentou contrates harmônicos e o resultado do casamento entre tecnologia e alfaiataria clássica. Assim, casacos, jaquetas e elegantes camisas de Neoprene foram apresentados ao público já acostumado a ver o tecido em vestidos, blusas e saias, sempre modelando perfeitamente o corpo.

Fácil de costurar

A fim de reunir dicas para você, pegamos sugestões da youtuber, Ellen Borges, para quem também quer seguir tendência. Segundo essa mineira apaixonada por costura, o Neoprene é um tecido fácil de costurar. Ela lembra que o Neoprene é uma espécie de malha, assim, sua estrutura é mais fechada e por isso não é transparente e não amassa.

Além disso, no Brasil, as confecções investem na flexibilidade do Neoprene e já entenderam que o tecido é um coringa durante todas as estações do ano. Ele é tão versátil que permite, por exemplo, a possibilidade de criar peças dupla face. Como o Neoprene não desfia, você pode ter duas peças em uma – é só tomar cuidado com o acabamento e usar, por exemplo, uma costura pespontada, que pode ficar aparente na finalização.

Corte e caimento

Você certamente vai encontrar o Neoprene nas opções lisa, com estampa e estampas digitais muitas vezes exclusivas. Segundo Ellen, como é um tecido fácil de cortar, ele garante um detalhe muito prático: o Neoprene estica, e por isso, os elásticos, botões e zípers funcionam apenas como detalhes decorativos e são dispensáveis na hora de finalizar a peça.

Além disso, trata-se de um tecido pesado e encorpado, ideal para roupas mais justas, como saias lápis, vestidos tubinho ou peças mais estruturadas. No entanto, se você pensa em criar peças mais largas, deve lembrar que o caimento vai deixar a roupa mais armada, efeito ideal para vestidos longos e saias godê.

E por fim, outro sucesso que nunca sai de moda, são os blazer e casacos em Neoprene. O tecido se ajusta facilmente ao corpo e garante peças mais despojadas, estruturadas e que fogem do clássico social.

Dicas práticas

Segundo a Zion Market Research, consultoria indiana especializada em relatórios de mercado, o Neoprene vem mostrando crescimento impressionante em 2020 e apresenta em documento recente, análises e perspectivas sobre os fatores que vão impulsionar o crescimento dessa indústria (veja aqui).

Então, se você está pensando em trabalhar com este tecido pela primeira vez, anote aí algumas dicas práticas:

  • É preciso alinhar as bordas do Neoprene antes de começar a costurar. Você pode usar alfinetes retos para isso, mas atento e garanta que as bordas fiquem alinhadas o tempo todo.
  • Prefira linhas de poliéster ou de algodão, ideais para tecidos mais grossos.
  • Outra dica: o ponto zigue-zague dá mais firmeza para o movimento que a elasticidade do Neoprene provoca.
  • Use agulhas para trabalhos pesados, como tamanho 16/100, e ajuste a máquina para a velocidade mais lenda.
  • Mantenha o tecido sempre liso, não estique, nem puxe durante a costura. Vá guiando o tecido devagar conforme costura para evitar que a máquina emperre.
  • Para o acabamento, duas sugestões: overlock, uma das mais utilizadas para o fechamento de peças de Neoprene e peças de malha; ou a costura Zig Zag, que tem um formato “sanfona” e dá mais flexibilidade para a peça.

Gostou das dicas? Para acompanhar outras novidades do mercado de confecção, fique ligado em nossos posts aqui ou em nossas redes sociais. Estamos no Facebook, LinkedIn e Instagram.

Nenhum comentário.

Deixe seu Comentário

Não perca mais nenhum conteúdo!

Cadastre-se em nosso blog e comece a receber conteúdos fresquinhos sobre indústria de confecção em seu e-mail