Qual a importância da tecnologia para a indústria têxtil?

Qual a importância da tecnologia para a indústria têxtil?

eBook 7 benefícios que apenas os clientes IndustWeb possuemPowered by Rock Convert

Quando se fala em confecções, entramos em um universo muito dinâmico, já que o consumidor está sempre ávido por novidades. Por isso, é importante que você fique atento quanto à tecnologia para a indústria têxtil — elemento fundamental para garantir a melhoria em produtividade e competitividade de sua empresa.

Continue com a leitura do post e veja a importância da inovação na produção de peças de vestuário, além de conferir alguns exemplos de recursos tecnológicos já em uso no ramo em questão. Vamos em frente!

Por que inovar em tecnologia para a indústria têxtil?

O ramo da indústria de confecções é bastante complexo, pois nele encontramos processos variados — criação de modelos, seleção de tecidos, estocagem, produção (corte, costura e acabamento), embalagem, etc. Trata-se de um segmento que requer atualização constante, a fim de atender a consumidores que se mostram cada vez mais exigentes.

Sendo assim, não há como desprezar os recursos tecnológicos disponíveis no setor, quer para manter a firma em dia com as tendências do mercado, quer para expandir sua clientela e, assim, tornar-se mais competitiva.

Como aproveitar a inovação tecnológica ao máximo?

Para enfrentar os desafios de criar e produzir roupas modernas, bonitas, elegantes e a preços razoáveis — como seus clientes exigirão —, o caminho não pode ser outro: inovar seu processo industrial, visando aos seguintes objetivos:

  • ganhos em economia (redução de custos, produção em alta escala);
  • eficiência (produzir mais com o menor uso de recursos);
  • agilidade (fornecer produtos procurados e no momento oportuno).

Vejamos, a seguir, exemplos de recursos tecnológicos já disponíveis na área têxtil.

Nanotecnologia no setor têxtil

Trata-se de técnicas que permitem o manuseio de materiais em escala extremamente pequena — em nível atômico ou molecular —, modificando suas estruturas.

No ramo da confecção, é possível a aplicação de nanopartículas às fibras, as quais fornecerão novas propriedades e funcionalidades aos tecidos: resistência à umidade, combate a odores e manchas, capacidade de repelir insetos, etc.

Estamparia digital

É um método de confecção que, mediante o uso de equipamentos específicos, permite a impressão digital em tecidos de modo rápido, com excelente qualidade e flexibilidade (facilidade para mudar aspectos das estampas, como cor e formato).

Sala de corte

É um maquinário que executa as atividades de corte de tecidos de forma automática e eletrônica, usando de precisão (exatidão) e praticidade (facilidade nas operações). O conjunto é formado pelos seguintes equipamentos:

  • máquina de corte eletrônica;
  • enfestadeira eletrônica;
  • mesas para enfestos;
  • estabilizadores;
  • mesas de separação;
  • mesas de embalagem.

Evidentemente, apenas os investimentos em infraestrutura (máquinas e equipamentos) não são suficientes, pois, como se trata de técnicas e aparelhos que utilizam alta tecnologia, deve-se igualmente investir na qualificação de seus colaboradores, para que possam operá-los de forma correta e eficiente.

Apresentamos apenas alguns exemplos de inovação em tecnologia para a indústria têxtil. A participação em feiras e exposições de especialistas no setor enriquecerá seus conhecimentos quanto às novidades que poderão ser exploradas em seu negócio.

O mundo da confecção é dinâmico e praticamente inesgotável, motivo pelo qual se exige uma postura proativa nesse campo. Então, deixe seu comentário abaixo e participe das discussões sobre esse assunto tão empolgante quanto necessário ao seu empreendimento.

Apresentação IndustWeb Sistema para ConfecçãoPowered by Rock Convert
Nenhum comentário.

Deixe seu Comentário

Não perca mais nenhum conteúdo!

Cadastre-se em nosso blog e comece a receber conteúdos fresquinhos sobre indústria de confecção em seu e-mail