Aprenda como calcular o capital de giro da sua indústria de confecção

Aprenda como calcular o capital de giro da sua indústria de confecção

eBook Como bater as metas: uma dica para produzir mais e melhorPowered by Rock Convert

Capital de giro é a representação do quanto a indústria tem reservado para cobrir as contas de médio e curto prazo: as despesas fixas e variáveis, os gastos operacionais, entre outros. Afinal, você sabe como calcular o capital de giro?

Você, que é um gestor e tem a sua indústria de confecção, precisa entender de uma vez por todas sobre a relevância do capital de giro para eventuais emergências e como ele pode impactar a lucratividade da sua empresa.

É importante que entenda sobre medir o capital de giro para saber se posicionar perante as urgências e as necessidades de financiar as contas de curto prazo. A reserva financeira deve ser utilizada em casos que a receita esperada para determinado mês não tiver sido alcançada.

Continue a leitura, porque nos próximos parágrafos explicamos o motivo de o gestor não poder utilizar o capital de giro como parte do caixa da empresa.

Vamos supor que determinado cliente teve um problema com os pagamentos de seus consumidores, então ele atrasa o pagamento do boleto. Com o capital de giro, você estará protegido de sofrer consequências financeiras como: ficar impedido de comprar matérias-primas, restrição ao crédito e atrasar os salários da mão de obra. Por isso, quanto menos você o utiliza, melhor é para a gestão financeira da sua empresa.

Entenda como calcular o capital de giro

O recomendável é que o capital de giro seja entre 50 a 60% das receitas da empresa. Além disso, existem outros fatores que interferem no cálculo final: se você concede um prazo muito extenso para os seus clientes lhe pagarem, compromete o seu dinheiro disponível. Isso porque a indústria precisará dispor de recursos próprios para se manter.

Por outro lado, o estoque também influencia para determinar o seu capital de giro, principalmente quando nos referimos ao baixo giro de estoque, gerando o excesso de matérias-primas ou produtos acabados.

Assim, concluímos que o capital de giro pode ser orçado com a seguinte fórmula: Capital de Giro Líquido (CGL) = AC – PC, em que as siglas representam:

  •  AC (Ativo circulante): está relacionado às receitas, aplicações bancárias, fluxo de caixa, entre outros;
  •  PC (Passivo Circulante): tem a ver com os débitos da indústria, como: pagar fornecedores, salários, empréstimos, manutenção, entre outros.

Veja o que reduz o capital de giro

Agora, confira quais são os fatores que minimizam o valor da reserva financeira emergencial.

Acréscimo nos custos

Quando a indústria de confecção aumenta os custos operacionais, ela compromete o valor da reserva financeira.

Redução nas vendas

Outro ponto que diminui o CGL é quando as vendas caem. Isso ocorre mais precisamente quando as coleções sazonais terminam e a indústria não se programou financeiramente.

Aumento da inadimplência de clientes

Quando os prazos são muito extensos e os constantes atrasos são prolongados, principalmente em indústrias que concentram a maior parte de suas vendas em pagamento a prazo.

Excesso de estoque

Acontece quando a indústria de confecção não tem o controle de matérias-primas e insumos e, para aproveitar uma promoção com o fornecedor, compra acima do necessário para a produção. Esse comportamento é perigoso, é o caso de muitas empresas recorrerem a empréstimos emergenciais e ficarem vulneráveis aos juros bancários, sem condições de negociar as melhores taxas.

Com isso podemos concluir que para o gestor gerir o capital de giro com eficiência, ele deve ter um controle de todos os custos da indústria de confecção: operacionais, fixos, variáveis e, ainda, as emergências. Além disso, ele precisa ficar atento aos prazos de pagamento que concede para os clientes e controlar o estoque, para que compre conforme a demanda.

Você entendeu como calcular o capital de giro? Temos certeza que também vai gostar de ler o nosso artigo sobre como escolher um ERP para a sua indústria!

Apresentação IndustWeb Sistema para ConfecçãoPowered by Rock Convert
Nenhum comentário.

Deixe seu Comentário

Não perca mais nenhum conteúdo!

Cadastre-se em nosso blog e comece a receber conteúdos fresquinhos sobre indústria de confecção em seu e-mail