backup em nuvem

Backup em nuvem. Seus dados podem fazer sua empresa desaparecer?

eBook Como bater as metas: uma dica para produzir mais e melhorPowered by Rock Convert

Você talvez nem imagine, mas a forma como cuida dos seus dados pode determinar a continuidade do seu negócio.

Por Alexandre K. Tranjan, diretor de TI WebPic

Backup em nuvem, você já ouviu falar? Não importa se você atua em uma grande fábrica ou pequena confecção.

Certamente, seu negócio conta com computadores e outros dispositivos que armazenam e compartilham dados importantes. No entanto, nem todo mundo coloca como prioridade o backup e proteção desses dados.

Pesquisas

De fato, a fabricante americana de softwares, Fortinet, publicou recentemente resultados de uma pesquisa assustadora sobre o crime cibernético na América Latina.

Só no ano passado, foram 24 bilhões de tentativas de ataque no Brasil, o que representa uma média de 65 milhões ao dia. Boa parte desses ataques tem como objetivo roubar dinheiro de indivíduos e empresas.

Do mesmo modo, outra pesquisa, esta do World Economic Forum, aponta que mais de 74% das empresas em todo o mundo serão atacadas em 2020.

Desta forma, pense na estrutura de TI da sua empresa e responda: seu negócio está preparado para sobreviver a um ataque desse tipo? Se você perdesse todos os dados, quanto tempo demoraria para retomar suas atividades?

Acredite, sua confecção não está segura

Isso pode ser ilustrado com a série de mensagens supostamente enviadas pela Netflix no início de março.

Elas invadiram milhares de e-mails no Brasil – eram golpes que solicitavam dados dos usuários com a desculpa de fazer ajustes na plataforma. Conhecido por “phishing”, este tipo de ataque “pesca” a vítima para que clique em links ou baixe arquivos.

Assim, o usuário, mesmo sem querer, instala um vírus no computador ou na rede, bloqueando o banco de dados. O acesso só é liberado depois do pagamento de um resgate que muitas vezes pode levar a empresa pode ir à falência.

Não se engane acreditando que esse tipo de crime só acontece com grandes empresas. Os pequenos e médios negócios são justamente os mais visados pelos cibercriminosos e os ataques estão cada vez mais frequentes.

Veja alguns exemplos

Em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, em apenas uma semana três empresas foram atacadas: uma indústria de metalurgia, uma faculdade e provedora de internet.

Em todos os casos os hackers exigiram pagamento e bloquearam o acessos aos dados. A situação só foi contornada graças ao backup feito regulamente como forma de prevenção contra este tipo de ataque.

Outro exemplo é o WannaCry, vírus que possibilitou um dos maiores ataques cibernéticos do mundo.

Em menos de uma semana, ele paralisou hospitais, instituições do governo e até mesmo arquivos da NASA, tomando mais de 100 países, rapidamente. No Brasil, entre muitas empresas, até o conhecido Hospital do Amor, em Barretos (SP) foi atingido.

A rede pública também sofre ataques: em 2019, estudantes do Distrito Federal tiveram as matrículas adiadas em função de um ataque na plataforma que gerava o link das inscrições.

Em Barrinhas (SP), a Prefeitura precisou decretar situação de emergência depois de um ataque hacker criptografar todos os dados administrativos, financeiros e contábeis do município.

Backup em Nuvem: não corra riscos

Já explicamos aqui o que é backup em nuvem, porque ele é importante e porque sua empresa precisa aderir a esta modalidade.

E falamos ainda como a memória de um computador tem um limite para armazenamento de dados e porque é importante salvá-los em outro local.

Porém, pouca gente se dá conta que as informações sobre finanças, relatórios, cadastros, notas fiscais, estoque e produção são o bem mais precioso do seu negócio.

Assim, dados de valor incalculável são muitas vezes arquivados em backups tradicionais como cópias em CDs, DVDs, HDs externos e até mesmo pen drives.

O problema? Além desse tipo de backup ser feito eventualmente (quando é feito), não protege os dados de criminosos virtuais e muito menos assegura que eles não se percam em função de defeitos ou falhas do modelo de backup escolhido.

Além disso, segundo estatísticas, erro humano e diversos tipos de acidente são os mais comuns na perda deste tipo de informação.

Por isso o backup na nuvem deixou de ser uma tendência para se confirmar como uma solução eficiente na segurança das empresas.

Além da proteção, essa alternativa de armazenamento também oferece mais flexibilidade para o gestor já que permite ampliar ou reduzir seu banco de dados rapidamente.

Mobilidade e segurança

Anteriormente, comentamos porque uma indústria de confecção deve fazer a gestão de seus dados (se você não leu, pode fazer isso agora). Entre as maiores vantagens do backup em nuvem, mobilidade e a segurança é um dos principais benefícios:

  • Ele vai permitir que você acesse seus dados onde você estiver;
  • Facilita a busca por informações e o gerenciamento da empresa;
  • E proporciona mais proteção para seus dados já que efetua o backup constante.

Se você ainda não utiliza o backup em nuvem talvez seja hora de pensar nisso. Comece respondendo perguntas simples, como:

  • Quais dados da sua confecção precisam de cópias seguras?
  • Quem é o responsável pelo backup dos dados da empresa?
  • Com que frequência esses backups de dados são realizados?
  • Onde as cópias desses backups estão armazenadas?
  • Como você previne acidentes que podem corromper esses dados?

Se você não tem respostas para todas as perguntas ou confirmou que precisa de ajuda, é hora de pensar em um backup em nuvem.

Um bom sistema ERP oferece este benefício que sem dúvida, vai melhorar a gestão do seu negócio. Veja aqui como escolher um ERP.

E se quiser acompanhar mais dicas como essas, fique de olho em nosso blog ou em nossos canais no Facebook no Instagram e LinkedIn.

Apresentação IndustWeb Sistema para ConfecçãoPowered by Rock Convert
Nenhum comentário.

Deixe seu Comentário

Não perca mais nenhum conteúdo!

Cadastre-se em nosso blog e comece a receber conteúdos fresquinhos sobre indústria de confecção em seu e-mail