Software de gestão: por que você precisa de um para controlar sua produção

15 fev /
Software de gestão: por que você precisa de um para controlar sua produção

Todo e qualquer planejamento requer uma forma de acompanhamento dos resultados e prazos estipulados para que o tempo de processo seja fielmente cumprido. Com um software de gestão, temos como avaliar as quantidades de materiais para serem utilizadas, as cores, os tamanhos, os tempos, os custos, as datas iniciais e finais de cada fase de cada processo envolvido e qual a mão de obra empregada em cada fase e sua real eficiência de tempo empregado.

Com isso, fica muito mais fácil enxergar os gargalos de produção e corrigir eventuais faltas de materiais e/ou excesso de tempo empregado para ser corrigido o mais rápido possível, garantindo assim a data prevista para a finalização do processo de produção e a data de entrega para o cliente.

Opte por uma ferramenta 100% web, pois pode ser acessada 24 horas por dia via internet e, desta forma, gerar informações online de como o processo está se desenvolvendo na empresa (ou mesmo quando se utiliza mão de obra externa).

Dentro e fora da empresa podemos decidir o que fazer para agilizar as mudanças de processos, alguma necessidade extra de compra e liberações de entregas de pedidos que com parte dos produtos já podem ser expedidos, por exemplo.

CALCULE A NECESSIDADE DE PRODUÇÃO

O estudo que revela o dimensionamento da capacidade de produção instalada parte da formatação dos tempos padrões dos modelos que serão confeccionados e a definição da quantidade de minutos disponíveis da equipe de produção utilizados em uma jornada diária de trabalho.

Esses dois fatores viabilizam a elaboração das metas de produção diária. Consequentemente, se poderá visualizar o potencial produtivo instalado para um período de 15 dias ou um mês de fabricação.

Utilizando um software de gestão, podemos gerenciar o tempo de processo de cada fase através dos tempos de cada operação envolvida e suas micro operações, bem como os recursos utilizados, tais como: máquinas, aparelhos e acessórios contidos nos produtos a serem produzidos, chegando a eficiência real do tempo de processo.

De posse das fichas técnicas dos modelos em processo para atendimento das demandas, pode-se projetar a necessidade de insumos para cumprir as ordens de fabricação, levando-se em consideração também o tempo justo e necessário para a produção de cada produto em processo.

DEFINA ESTOQUES MÍNIMOS

Para definir os estoques mínimos, inicialmente é preciso observar o potencial produtivo instalado, formatar as metas de produção, utilizando os tempos padrões de confecção dos produtos inseridos na linha de montagem, definidos através dos estudos de tempos e métodos, em que são cronometradas todas as operações de máquina e manuais realizadas na construção da peça, associados aos minutos disponíveis da equipe diretamente envolvida com a fabricação dos produtos.

Através do planejamento e programação de produção é possível dimensionar o estoque mínimo dos itens necessários para confecção dos produtos que atenderão as ordens de fabricação planejadas.

Desde a elaboração das fichas técnicas dos produtos, com as informações precisas dos insumos com seus respectivos consumos, cores, tamanhos, referências, preços entre outros dados, passando pela condensação de pedidos e consequentemente das ordens de produção, será possível visualizar o resumo de matéria prima e acessório a serem providenciados visando atender corretamente o volume de produção agendadas para um determinado período e a efetiva entrega nos prazos acordados com os clientes.

QUER MAIS DICAS

Criamos um eBook no qual reunimos estratégias que lhe ajudarão a controlar os estoques de materiais da sua confecção e evitar as perdas com o excesso ou a falta de matéria-prima.

Para ter acesso e fazer um bom controle de materiais na produção, basta fazer aqui o download do eBook 05 passos para evitar o excesso e ou falta de matéria-prima.

Nenhum comentário.

Deixe seu Comentário